o tempo todo ao seu dispor

por que somos feitos do tempo?

Para pensar que somos feitos do tempo, devemos considerar que o tempo é uma substância, e que somos na verdade consciência, sendo que a consciência também é um elemento do ambiente, não apenas uma química cerebral, ou ligações entre neurônios, mas um brilho misterioso que mantém sua unidade mesmo na propagação eterna das luzes e sombras do universo em fluxo perene.

ideia sobre o tempo
ideia sobre o tempo

O universo é eterno mas precisa de um passatempo por isso compõe o transitório e envolve vários tempos diferentes, simultâneos, concêntricos, velozes, lentos, relativos a seres, transformações e tudo que existe no cosmos e impõe sua presença, seja de forma retraída, quando se esconde em um refúgio fora do foco principal, seja na forma de presença, quando se liga a chamamentos de tempos maiores de formam desde antes, por pressão, magnetismo e cumplicidade, até algum princípio insondável que todavia nos condiciona pelo poder formador, informador transformador e destruidor.

Se tudo é uma questão de espaço e de tempo, com o tempo sendo também o espaço e o espaço o local onde impomos nossa situação de tempo, podemos pensar na urgência do que já era e já foi, mas está sendo, na medida que você aciona, faz suas sinapses ativa e é ativado, na forma de reflexão, auto-reflexão, ativo e passivo, palavras mágicas que revolucionam ou aquietam. Com sua experiência acumulada, genética, memória e destino a consciência ganha camadas, dessa forma o todo holístico do acontecimento fenomenólogico aciona regiões desconhecidas do espaço cada vez que a consciência foca os dados do seu presente imediato, podendo então prosseguir para um estado de coisas mais abrangente ou fica preso a rotinas, que se forem vícios, criam fissuras enfraquecedoras, se forem necessárias obrigações, ajudam a passar o tempo, mas sem trauma, já que hábitos, como no caso padres, podem se tornar vestes para sua consciência, com camadas protetoras pacíficas e uma trama inexeplicável de situações recorrentes.

Alguns dizem que o tempo é uma grande espiral, assim como a nossa galáxia, via láctea, avança, retorna, recua, refuga, pode ser parado, mas nunca de forma final, porque o tempo que nos compõe em última instância independe de nossa vontade, nosso comando da nave espacial da consciência e da percepção, fazendo a terra girar em torno de si, do sol e tudo mais. Talvez quando andrômeda se aproximar, entrando em conflito com a nossa, torne-se uma galáxia elíptica, não mais em espiral, de forma que o nosso tempo mude para uma forma mais perfeita. Até lá, passaremos o tempo com os recursos que dispomos no momento.

o tempo todo ao seu dispor

Deixe uma resposta